NOTÍCIAS

19-FEV-2024

TODOS CONTRA A DENGUE

#Saúde POR GILSONSLP 19 DE FEVEREIRO DE 2024

A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Ela não tem tratamento específico, causa sintomas como febre alta e dores no corpo e pode até matar. Sua incidência aumenta no verão, em dias quentes e úmidos. A dengue faz parte de um grupo de doenças denominadas arboviroses, que se caracterizam por serem causadas por vírus transmitidos por vetores artrópodes. No Brasil, o vetor da dengue é a fêmea do mosquito Aedes aegypti. Os vírus dengues (DENV) estão classificados cientificamente na família Flaviviridae e no gênero Flavivirus. Até o momento, são conhecidos quatro sorotipos - DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4 -, que apresentam distintos materiais genéticos (genótipos) e linhagens. A dengue possui padrão sazonal, com aumento do número de casos e risco para epidemias, principalmente entre os meses de outubro de um ano a maio do ano seguinte. Todas as faixas etárias são igualmente suscetíveis à doença, mas as pessoas mais velhas e aquelas com doenças crônicas têm maior risco de evoluir para casos graves e outras complicações que podem levar à morte. É importante ficar atento aos sinais de alarme, como dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes, sangramento de mucosas e tontura, que podem indicar a forma grave da doença. A prevenção envolve eliminar focos de água parada, usar repelente e roupas compridas e tomar a vacina quando indicada.

Para prevenir e combater a dengue, é essencial adotar medidas simples que evitem a reprodução do mosquito transmissor, o Aedes aegypti:

  1. Eliminar focos de água parada:
    • Manter pratos de vasos de flores e plantas com areia.
    • Guardar garrafas com a boca virada para baixo.
    • Limpar calhas dos canos.
    • Não jogar lixo em terrenos baldios.
    • Tampar baldes, caixas d'água e piscinas.
    • Deixar pneus ao abrigo da chuva.
    • Furar latas de alumínio antes de descartá-las.

  2. Aplicar larvicidas:
    • Em locais com muitos focos de água parada, como depósitos de sucata, ferros-velhos ou lixões, profissionais aplicam larvicidas para eliminar ovos e larvas do mosquito.

  3. Usar repelente e roupas compridas para evitar picadas.
  4. Tomar a vacina contra a dengue, disponível para pessoas acima de 45 anos que já tiveram dengue mais de uma vez ou moram em áreas com muitos casos.

Lembre-se de que a dengue é transmitida pela picada da fêmea do Aedes aegypti e pode causar sintomas como dor nas articulações, febre, náuseas e manchas vermelhas no corpo. Previna-se e proteja sua saúde!

 

Deixe seu comentário

NOTÍCIAS MAIS RECENTES
#DireitosHumano Há 5 dia(s)

ABRIL AZUL - MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O AUTISMO

O mês de abril é marcado pela cor azul

#Vacinação Há 7 dia(s)

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A DENGUE

A vacina contra a dengue oferece diversos benefícios importantes na prevenção dessa doença [...]

#Limpeza Há 10 dia(s)

CALENDÁRIO DE COLETA DE LIXO 2024

Em Santa Luzia do Paruá, a coleta de lixo é uma atividade essencial para manter a cidade l [...]

#SalaDoEmpreendedor Há 11 dia(s)

Conheça a Sala do Empreendedor de Santa Luzia do Paruá

A Sala do Empreendedor é um projeto desenvolvido pelo SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio [...]

#Agricultura Há 12 dia(s)

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AFTOSA

A Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa no Maranhão está em andamento, com important [...]

#Juventude Há 12 dia(s)

O programa trabalho jovem está de volta!

O Programa Trabalho Jovem no Maranhão oferece oportunidades de emprego, trabalho e renda p [...]

#SalaDoEmpreendedor Há 12 dia(s)

CURSO DE CABELEIREIRO

As inscrições para a nova turma do curso de cabeleireiro já estão abertas!

#Vacinação Há 12 dia(s)

DIA D -13 DE ABRIL

Campanha de vacinação contra influenza, se liga em!

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Insatisfeito

Neutro

Satisfeito

Muito satisfeito